BLOGS


  • December 24, 2013

    No teu abraço

    Vem, toma o que é Teu
    Não só um pedaço
    Mas tudo o que faço e sou
    Toma-me em mais que um beijo
    Encerra de uma vez meu desejo
    Arranca-me eternamente para Tua presença
    Vem me tomar para cumprir essa sentença
    De um amor que na espera sustenta a saudade
    De mergulhar inteiramente na Tua verdade
    E fazer de mim e de Ti um eterno laço
    Leva nos Teus fardos o meu cansaço
    E vem selar nesse encontro Tua eterna aliança
    Para ser sempre Tua eterna criança
    E no Teu toque me abandonar no Teu espaço
    Minha alma se abre a Te acolher
    No Teu silêncio sublime me envolver
    Aniquila-me de vez nos Teus braços
    E me eterniza nesse incêndio de amor
    Pois minha alma anseia de Ti meu Senhor
    O Teu simples, eterno e majestoso abraço

    Comentar
  • November 12, 2013

    Entrevista com a Irmã Teresinha do Menino Jesus, O.C.D

    Hoje é dia de festa!!! O céu e a terra se unem a uma só voz para celebrar com muito júbilo o dom da vida da Irmã Terezinha do Menino Jesus, que comemora mais um ano de vida no percurso do êxodo de sua história.

    Desde já, agradeço a ela por tudo o que tem feito por nós Comunidade Filhos do Amor, por se fazer sempre dócil aos clamores do Espírito Santo em sua alma, acolhendo com amor tudo aquilo que lhe suscita Aquele que lhe chamou a existência, isto, com certeza, fruto dos 54 anos de vida no Carmelo, dedicando-se à oração, à vida comunitária e a escuta misericordiosa do povo de Deus.

    Entretanto, como lhe é característico, o aniversário é dela mas quem ganhou o presente fomos nós que tivemos a graça de fazer uma entrevista com ela, onde a mesma fala sobre a vida no Camelo e a Espiritualidade.

    Segue abaixo a entrevista na íntegra:

    1) Irmã Teresinha, o que é o Carmelo para a Senhora?

    - Filhinho, o Carmelo é um tesouro escondido, o qual para descobri-lo é preciso cavar fundo.

    2) O que a Sra. Ver e como ver ao descobrir esse tesouro?

    - Vejo que a verdadeira grandeza costuma permanecer oculta, por isso é necessário uma fé radical e um profundo sentimento de liberdade para encontrar-se com Deus – que é o nosso tesouro.

    3) Por que a fé radical?

    - Porque o Carmelo tem que ser em suas raízes mais profundas – no despojamento, humildade e amor – só sendo possível pela fé. Porque só os que estão enraizados em Jesus Cristo são capazes de segui-lo no Carmelo. Essa radicalidade não significa rigidez, agressividade ou violência. Significa sim, firmeza, consistência, profundidade e solidez.

    4) Por que a liberdade é tão necessária para encontrar este Tesouro escondido? Esse Tesouro não pode ser encontrado por indução, aconselhamento ou influência?

    - Querido, ser livre é o plano de Deus para cada um de seus filhos, é um valor sagrado, que infelizmente muitas vezes é convertido em um ídolo de morte, um ideal a desfrutar ou até mesmo um direito a reclamar. No entanto, a verdade liberdade é uma profunda unidade interior com um caminho para a comunhão e participação na solidariedade. Essa liberdade requer livrar-se de tudo, sair de si mesmo e ir ao encontro do outro, não se colocando como centro dos próprios interesses, porque a liberdade individual é frequentemente acompanhada de muitas escravidões.

    Para aconselhar e passar para alguém uma influência positiva a primeira condição é deixar o outro livre para acolher ou não. Para ajudar alguém não é preciso manipular as vontades, silenciar as ideias nem negar a liberdade.

    5) Por que o Carmelo tem que ser um tesouro escondido e não manifesto?

    - Porque como diz a Palavra de Deus: “No silêncio e na esperança estará a Vossa Fortaleza!” “O culta da justiça é o silêncio”.
    Também diz Bernanos: “Um santo amadurece no silêncio”.

    O Tesouro escondido sempre carrega no seu bojo, gesta na sua interioridade, a vida, a esperança, a firmeza e a resistência, nos pontos agradáveis da vida se alegra, vibra, agradece, como nas noites escuras do sofrimento e da dor o Tesouro escondido garante o tempo como uma crise fecunda que faz crescer e amadurecer, abrindo novos horizontes de esperança. O Tesouro escondido que é Deus no Carmelo e o Carmelo em Deus é antes de tudo a experiência de Deus que cada um de seus membros experimenta na sua intimidade para sustentar a dar consistência e sentido à vida com serenidade, esperança e paz, garantindo assim o futuro.

    As vocações têm haver com os multiformes dons de Deus, assim como a diferença de dons, há também de vocações, todas elas estão na busca de Deus, comprometidas com o Seu Reino que é feito de “Justiça, Amor e Paz”.

    A vocação do Carmelo cultiva de um modo especial a oração, onde as monjas na escuta do Senhor, na contemplação “vivem escondidas com Cristo em Deus”. A certeza de Deus é algo que se vive, mas que não se define. A contemplação é uma experiência onde Deus se faz dom no amor e O percebemos no nosso amor.

    6) O que é mais necessário para viver realizado numa vida estreita como o Carmelo?

    - Quem entra para o Carmelo, quem é chamado para o Carmelo, sente que Ele não é um via estreita, mas um vasto horizonte. É importante, porém que a pessoa tenha um bom estofo psicológico, num conjunto de equilíbrio e saúde. Sobretudo que tenha sua dinâmica afetiva bem integrada, capaz de viver o amor oblativo.

    Cada instante na vida do Carmelo deve ser vivido na certeza que Deus é o amor maior.

    7) O que é a clausura para a Sra.?

    - Como dizia Madre Teresa de Jesus, O.C.D – Fundadora do Carmelo de Juiz de Fora/MG. “a clausura é um fator da história e não da nossa intimidade com Deus”. A clausura para mim é um clima que favorece o silêncio, o espírito de ermo, que ajuda para uma vida de oração. Mas, não é o essencial de uma vida contemplativa. A clausura deve ser condicionada ao tempo e ao lugar, é um fator que dever ser inculturado.

    8) Como a Sra. Ver os problemas da nossa sociedade fora das paredes do Carmelo?

    - Como uma crise de fé e, por conseguinte uma crise de sentido da vida.

    9) O que a Sra. Aconselharia como solução para esses problemas?

    - Eu aconselho aquilo que disse o Papa Francisco: “Bota fé em Jesus Cristo!”
     

    Comentar

Buscar por:



Enquete

O que é a Cruz para você?







Construção de sites, Criação de sites, Loja virtual, Fábrica de Software